ÍNDICE  |  HISTÓRICO  |  EMENDA  |  CARTAS  |  NOTÍCIA  |  DEPUTADOS  |  CLIPPING  |  COMUNICADOS  |  NO JAPÃO  |  CAROS AMIGOS  |  NO RÁDIO  |  COMISSÃO PARLAMENTAR  |  URGENTE  |  ENTREVISTA  |  PRIMEIRA VITÓRIA  |  ABAIXO-ASSINADO  |  DEUTSCHE WELLE  |  AO MINISTRO  |  ATUALIDADES  |  COMO MANIFESTAR  |  GLOBO  |  EM NAGOYA  |  NA SUICA  |  NOTA OFICIAL  |  SWISSINFO  |  ATIVIDADES  |  MANCHETES  |  AS MANIFESTACOES  |  PARECER APROVADO  |  NOSSA VITÓRIA  |  O FUTURO  |  REVELAÇÃO  |  CONTATO  |
 


VITÒRIA
 


Caros pais e amigos
de Rui Martins

Por uma ironia da sorte, a notícia da aprovação em primeiro turno da Emenda 272.00 me chegou com atraso, pois estou sem PC, no litoral paulista.

Mas vocês sabem que, depois de treze anos de luta, essa é para mim uma grande alegria por essa vitória de nós todos.

Alguns fatores foram fundamentais para essa vitória – a campanha por Internet (devemos muito também ao cartunista Ênio Lins, autor do bebê sem pátria que ilustra nosso site www.brasileirinhosapatridas.org e ao informático A. M. que permitiu a internacionalização do problema junto aos pais da emigração, o apoio da mídia alternativa (que mais uma vez mostra sua penetração), as manifestações de junho e a criação de dez ativas comunidades pelo Orkut.

E, é claro, haver deputados como Carlito Merss, Rita Camata e Leonardo Alcântara que tomaram a peito a luta dos pais emigrantes e pensaram no futuro das crianças apátridas. A eles, assim como aos demais membros da comissão parlamentar e ao ex-senador Lúcio Alcântara o nosso agradecimento assim como aos demais deputados que votaram em favor da Emenda 272.00.

A luta em favor da emigração tem nessa primeira vitória as condições para prosseguir em favor de novas medidas em favor dos emigrantes como a aprovação da PEC 05.05, o voto por correspondência para os emigrantes e a entrega da departamento das comunidades do exterior do Itamaraty a emigrantes capacitados.
A partir de agora o movimento dos Brasileirinhos Apátridas deve se transformar numa grande federação ou internacional das comunidades emigrantes, que esperamos seja reconhecida pelo governo, para atuar junto à emigração brasileira.

Rui Martins, criador e coordenador dos Brasileirinhos Apátridas.



to da página - para trás ao menu